Páginas

quinta-feira, 5 de agosto de 2010

"O casamento"


Sou noiva há um ano e meio.Um relacionamento que me surpreendeu e continua a me surpreender a cada dia que passa; um começo turbulento. Sabe aquela velha historia de “dois bicudos”?Pois é, se encaixava perfeitamente para  nós. Murilo (meu noivo) costumava dizer que éramos dois “truculentos” de plantão, que isso jamais iria pra frente; Hoje em dia vejo o quanto o amor pode mudar as pessoas, melhorá-las, eu devo muito do que sou hoje em dia a ele, pois me tornei uma pessoa muito mais equilibrada, compreensiva, deixei de ser egoísta e entender que em um relacionamento são duas pessoas, dois gostos, duas cabeças que pensam diferentes e que para concretizarem um futuro juntos elas precisam equilibrar tudo isso, não fazer apenas o que gosta por que agrada você, mas fazer também o que não gosta para poder agradar o outro, e vice-versa. Porque amor é cumplicidade, é companheirismo, lealdade, paz, harmonia, confiança, e graças a Deus nós dois temos tudo isso.
Ontem uma amiga me perguntou se eu realmente queria casar, perder a liberdade, estar sujeita a me decepcionar mais uma vez com um relacionamento,  disse que era para pensar bem nisso, pois já me frustrei bastante em outros relacionamentos; e aí, pensei direitinho. Posso ter sido muito infeliz em alguns relacionamentos, posso ter quebrado a cara pra caramba, mas, a verdade é que a esperança em uma relação saudável ainda toma conta do meu peito. Não costumo fazer planos para um o futuro distante, não.  Mas, a verdade, é que me vejo dividindo minha vida com alguém. Tendo em outra pessoa um porto seguro. Vejo-me tendo alguém que diga que tudo vai ficar bem, só pra que eu recobre a força que preciso pra enfrentar os problemas com lucidez e racionalidade.
Eu quero isso... Essa coisa chamada cumplicidade.
Quero sentir saudade, quero poder ter vontade de chegar em CASA e dividir meu dia. Quero alguém em quem eu possa descontar a raiva que tenho dos funcionários da empresa, do cliente chato... É esse alguém que vai olhar na minha cara, no final das contas e dizer: "Calma! Amanhã será outro dia. E para de reclamar que eu não tenho nada a ver com isso." E eu vou dar uma risada gostosa., ou talvez  encher a cara dele de pancada,rs. Quem sabe? E pra que saber?
Hoje, ele me perguntou uma coisa: o que, pra mim, seria o mais difícil em manter a relação?
E eu respondi sem pestanejar: manter a individualidade. Manter vivo o EU no NÓS. Isso eu tenho certeza de que é complicado, mas, não impossível.
Quer saber?
Sei que sou chata, sou bagunceira, sou meio lesada, muito distraída e desastrada. Mas, não sou impossível de se conviver.
Sei que às vezes, sinto vontade de jogar tudo para o alto e sumir do mapa. Mas quero alguém que vá me buscar nesses meus recantos... Alguém por quem valha a pena colocar um ponto final nessa coisa toda de pensar e sentir bobagem, nessa confusão que toma conta da vida, por horas e horas e horas. É isso.
Me vejo sim, dividindo meu futuro com alguém.
Alguém este que me deixe ser como eu sou, que chegue de mansinho, toque meu cabelo e me dê um longo beijo... Que  me faça  ter vontade de dizer "Sou sua". Alguém pra quem eu abra a porta da minha vida e diga em alto e bom som "Pode entrar"...

Vamos casar em setembro, provavelmente 10 de setembro, ainda não marcamos a data no cartório por conta de algumas coisinhas que faltam resolver afinal, segundo a nova lei,  para se casar no cartório precisa-se que sua certidão de nascimento tenha no maximo seis meses de tirada, caso contrário precisara de outra via, e eu ainda preciso ir ao interior para fazer isso, mas estou muitíssimo feliz, comprando as coisas da casa junto com ele, vivenciando tudo isso com meu amor. Eu sei que é meio clichê falar isso, mas verdade seja dita, estamos “transformando um sonho em realidade” literalmente.
Deixo pra vocês um trecho de uma musica que tem tudo a ver com meu relacionamento




Sonhos

“Tudo era apenas uma brincadeira
E foi crescendo, crescendo, me absorvendo
E de repente eu me vi assim completamente seu
Vi a minha força amarrada no seu passo
Vi que sem você não tem caminho,
eu não me acho
Vi um grande amor gritar dentro de mim como
eu sonhei um dia.”


Um beijão a todos e muito obrigada pelos comentários !!
Voltem sempre !!!!

7 comentários:

Yoyo disse...

Tudo que eu mais desejo nessa vida é que vocês(você e sua irmã) sejam felizes.
Bjo no core, minha lindinha

Chica disse...

Vim lá do blog da mamãe, vim te conhecer e desde já, desejo tudo de bom e te digo pra curtir bem essa fase ,ela é linda e faz parte da vida.Tudo de bom,beijos,chica(sou bem casamenteira,srsrsr e casada há mais de 41 anos...)

Driks Barreto disse...

Desejo que vcs sejam felizes e que não falte cumplicidade,afeto e respeito.Bjs Driks.
*Ah já estou seguindo vc!!!pois deve ser tão querida qto sua mami!
www.momentosdadriks.blogspot.com
www.badulaquesdadriks.blogspot.com

Ariadne disse...

O amor é uma coisa esquisita, os bicudos acabam se esbarrando pela vida , se encontrando e percebendo que nao são tão bicudos assim...

Que vcs sejam felizes !!!

Barbie Girl disse...

Amor é isso, se descobrir um no outro e quando se tem amor, tudo vale a pena, tudo mesmo!!
Precisamos regar o amor todos os dias e levar esse sentimento até o fim.

Beijos no coração e bom fim de semana!

Liliane de Paula disse...

Acho que não deve descontar no Murilo as raivas que possa ter no trabalho, na rua. Isso a gente deixa do lado de fora da porta. Em casa é outro mundo. E vc tem que fazer do seu ninho um lugar onde vcs queiram sempre, sempre, voltar. Viver com parceiro, em parceria, é a melhor coisa desse mundo.

Lúcia Soares disse...

Fechou com chave de ouro! Adoro Peninha, o autor e cantor da música.
Posso afirmar com certeza: você vai ser feliz. Está madura, seus pensamentos estão certos. Não é fácil viver junto.
Todo mundo tem vontade de jogar tudo pro alto, alguma vez na vida, e todo mundo quer ir para um cantinho só seu...esperando que o outro a (o) busque pela mão e o dia continue...
Fé em Deus, fé em você, não o faça senhor da sua felicidade. Esta só depende de você.
Sabe o que é preciso mais do que o amor, numa relação? Para mim, são 3coisas: Respeito, compreensão e admiração.
Claro que é o amor que nos aproxima, mas se junto com ele não andarem essas 3 coisas, nada vai pra frente. E confiança. Individualidade.
Casar não é brincar de casinha.
Você está pronta, tenho certeza!
Beijo!